Buscar

Betinho homenageará personalidades da Capital nesta noite ​


Betinho (PRB), líder do partido na Casa de Leis, homenageará Ilmar Renato Granja Fonseca, Maria Aparecida Galende Acosta e o Coronel Valdecir Escalhar durante a Solenidade da tradicional entrega da comenda de Cidadão Campo Grandense, que acontece nesta noite (23), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

“Esta é uma solenidade muito importante que primo desde quando assumi como vereador por esta razão tive muito cuidado com os meus homenageados deste ano. Decidi homenagear pessoas que possuem um curriculum diferenciado e Ilibado como o Coronel Escalhar, a presidente do FAF – Fundo de Assistência Feminina da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Maria Aparecida e o Renato Granja Fonseca conhecido como “Mamão”, que levou o nome do Estado em um programa de TV Nacional e também é referência dentro do cenário político de Campo Grande”, disse o vereador.

A solenidade contará com apresentação cultural do Grupo Ginga e execução do Hino Nacional pela cantora Lenilde Ramos. A sessão solene terá como tema o artesanato como forma de expressão da cultura e da história de Campo Grande.

Saiba mais sobre os Homenageados:

Ilmar Renato Granja Fonseca

Tem 38 anos e nasceu em Santo Anastácio (SP). Veio para Campo Grande aos 13 anos de idade e desde os 16 é militante político, tendo se filiado ao PT em 1995 e atuado no movimento estudantil secundarista. Formado em Direito pela UEMS de Paranaíba, é advogado desde 2010 e foi responsável pela implantação do programa Bolsa Universitária, hoje Vale Universidade no Governo de Zeca do PT. Também atuou como Assessor Especial de Juventude do Governo do Estado e Coordenador de Políticas Públicas para Juventude da SEJEL (Secretaria Estadual de Juventude, Esporte e Lazer) no ano de 2004. Atualmente é vice-presidente do Centro de Documentação e Apoio aos Movimentos Populares. Em 2017, participou do reality show da Rede Globo de Televisão, Big Brother Brasil, onde ficou conhecido pelo apelido de “Mamão” e defendeu as questões indígenas, a cultura e o turismo sul mato-grossense. No programa da emissora carioca adquiriu projeção nacional e tornou-se conhecido por seu comportamento ético, leal e verdadeiro.

Maria Aparecida Galende Acosta

A homenageada tem 42 anos e nasceu em Mandaguari, no interior do Estado do Paraná. Veio para Campo Grande em 1996, há 21 anos, onde constituiu família, educou seus dois filhos e realiza trabalho assistencial. Atualmente preside o FAF – Fundo de Assistência Feminina da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, com sede em Campo Grande, entidade civil de caráter beneficente e educativo, que presta serviços no âmbito psicossocial aos policiais militares, seus familiares e à sociedade. Dentre os vários atendimentos estão auxílio com material ortopédico, medicamentos de alto custo, cestas básicas, alimentação especial, educação, assistência nutricional, social, psicológica e funerária, enxovais de bebê, orientações e encaminhamentos a profissionais afins. A associação é mantida por contribuições de sócios voluntários, que são os próprios policiais militares. Além das contribuições mensais, periodicamente são realizados bazares, almoços e outras promoções, visando arrecadar fundos para complementar a renda da instituição. Para a realização dos eventos, a entidade conta sempre com a participação da sociedade em geral.

Valdecir Escalhar

Nasceu em 25 de março de 1966, na cidade de Santa Clara D`Oeste (SP), e há 30 anos ingressou no quadro da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, quando se formou soldado no Centro de Formação de Praças, em Campo Grande. Casado e pai de dois filhos, hoje coronel, ocupa o cargo de Subcomandante-Geral da PMMS, tendo exercido diversos postos de comando em pelotões e no 9º Batalhão da PM nesta Capital, além de se dedicar à administração e gestão de pessoal dos militares responsáveis pela segurança da população campo-grandense e do Estado. Título de Cidadão Campo-grandense conferido pelo Decreto Legislativo n. 2.168/17, por indicação do vereador Betinho.


4 visualizações0 comentário