Buscar
  • Assessoria

Betinho destaca a inclusão dos profissionais da educação na vacinação contra gripe


A vacinação começa hoje (18), na Capital e a novidade desta campanha é a vacinação para profissionais da Educação da rede de ensino básico ao superior das escolas públicas e privadas.

A vacinação contra a influenza foi alvo de uma CPI na Casa de Leis em 2016 que investigou o sumiço de doses da vacina na Capital mas neste ano os responsáveis: o Governo do Estado juntamente ao Município se atentaram para melhorar a distribuição para que não houvessem desperdícios e reorganizaram as datas para vacinação começando a distribuição delas nos 79 municípios do Estado desde ontem (17).

“Esta é mais uma conquista que nós parlamentares havíamos pedido nos anos anteriores, afinal os professores e profissionais da Educação estão diretamente relacionados as nossas crianças que fazem parte do público alvo. Parabenizo o secretário de Saúde do Município, Marcelo Vilela e ao secretário de Saúde de Mato Grosso do Sul, Nelson Tavares pela atenção e inclusão dos profissionais de Educação como grupo de risco.” explicou o vereador Betinho.Vereador Betinho (PRB), que valoriza a inclusão dos profissionais de educação no grupo de risco que a partir do dia 2 de maio poderão receber a vacina contra a gripe na Capital.

A meta desta campanha de 2017 é vacinar 197.737 pessoas em Campo Grande.

Fazem parte dos grupos de risco os trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias), crianças com até 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade e profissionais do sistema prisional.

Na primeira etapa o público alvo é formado por trabalhadores da saúde e crianças de seis meses a menos de dois anos. A partir do dia 24 a vacinação inclui gestantes, puérperas, crianças com até 5 anos e a partir de 2 de maio todos os grupos podem se vacinar.


12 visualizações0 comentário